terça-feira, 19 de março de 2013

A falta que você me faz

Naqueles dias de frios em que dá vontade de tomar leite com canela bem quentinho.
Ou naqueles dias de raiva que preciso de alguém pra desabafar.

Sinto sua falta nas hora de comprar roupas:
quem fala comigo sinceramente que estou gorda?!

Sinto sua falta na hora que vejo alguma bagunça,
quando faço alguma coisa que você iria considerar errado.
Sinto falta das suas puxadas de orelha.

Sinto sua falta durante filmes de amor, comédias, e suspense.
Quem chora, quem ri, quem se assusta comigo?

Sinto falta dos papos sobre homem, 
falar um "tiquim" da vida dos outros,
dos almoços juntas, dos sonhos e projetos,
dos pés de galinha que grudam na mão. (só você sabe fazer)

Sinto falta dos conselhos sobre a vida, sobre o amor, sobre tudo.
Sinto falta das chatices.

Das cartinhas com desabafos,
das brigas bobas por ciúmes.

Sinto falta de pintar seu cabelo, cortar, escovar, pranchar, rs.
Sinto muita falta do nossos momentos mulherzinhas,
fazendo unha, experimentado dezenas de roupas, rindo.

Sinto falta do seu colo quando preciso chorar,
ninguém nunca me entendeu assim.
Sinto falta de você.

Mãe, depois que casei,
só Deus sabe a falta que você me faz.


Isso que dá se BFF da mãe!



3 comentários:

  1. Mas ela estará ainda lá, com um leite quente com canela. rs

    ResponderExcluir
  2. Faz falta sempre *__*

    Mãe é uma preciosidade.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu sinto falta da minha mesmo morando com ela, rss.

    ResponderExcluir